4 dicas para montar um pet shop

Categorias Geral
4 dicas para montar um pet shop

Embora o setor seja muito concorrido no mundo dos negócios, com algumas dicas para montar um pet shop é possível conquistar sucesso no seu empreendimento e atrair mais clientes.

4 dicas para montar um pet shop

Montar um pet shop requer muita dedicação, por esse motivo é indicado investir no ramo pessoas que se identifiquem e gostam de animais, afinal, o serviço além de ter qualidade, deve ser completo e satisfatório para os clientes.

Prós e contras

Um dos principais problemas ao montar um pet shop é a alta concorrência. Neste negócio,  o problema da concorrência é multiplicado por três. De um lado, cada loja de animais tem de competir com o resto das empresas dedicadas à sua atividade; Do outro, as clínicas veterinárias oferecem praticamente o serviço completo e as empresas que realizam ofertas com preços mais baixos.

Mesmo com a alta concorrência, há mercado para todos, pois é crescente o número de pessoas que adquirem os animais e se preocupam com a saúde e o bem estar dos seus bichinhos, até mesmo com a parte estética. Essa procura por serviços de pet shop e adoção de mais animais, expandiu esse mercado e os faturamentos no negócio são surpreendentes.

Para montar um pet shop, antes é preciso avaliar o mercado, planejar estratégias, oferecer serviços diferenciados, e até automatizar o seu negócio com um sistema para pet shop.

Confira a seguir algumas dicas para montar um pet shop.

4 dicas para montar um pet shop

  1. Analise e comece com uma boa estratégia

Faça uma análise de mercado, do melhor lugar para montar seu pet shop, visibilidade e marketing.

Especialize-se na venda de um pequeno número de espécies, produtos e serviços, amplie sua oferta de acordo com as possibilidades e a demanda.

É aconselhável vender acessórios e alimentos para as espécies mais comuns, de pequenos animais diferentes.

Isso fará de início, com que você consiga identificar o que terá melhor retorna e as procuras mais freqüentes de seus clientes.

2.     Cuidado com cães e gatos

Esse serviço é o mais trabalhoso, porém, indispensáveis, pois os donos tem um apego enorme com seu animal de estimação e muitos deles querem que seus companheiros, estejam sempre bem cuidados.

Contrate profissionais capacitados e que tenham um certo envolvimento em cuidar dos animais, pois quanto mais bem tratado e a qualidade do serviço for alta, o cliente retornará. Isso é importante também para conquistar a confiança e obter mais serviços, o que ajuda muito nos lucros da empresa e fidelização do cliente.

  1. Expanda seus serviços

Além de vender animais, acessórios e alimentos, oferece outros serviços: preparação de cães, alimentação, creche, adestramento… Mesmo que precise terceirizar os serviços, você terá uma margem de lucro que melhorará sua renda.

Você deve se preocupar com as os produtos mais vendidos, saber aconselhar seus clientes e ter noções básicas de saúde, alimentação e higiene animal. Dicas simples em folhetos, site do seu pet shop, aplicativos e outros, conquistará o seu cliente.

  1. Automatize seu negócio com um software

Atualmente, uma estratégia muito eficaz que tem ajudado no suceso de diversos negócios, é a utilização de softwares de automatização. O Nuvem Vet, por exemplo, é um software na nuvem para pet shop e clínica veterinárias, ele ajuda na organização do seu empreendimento, administração, controle de funcionários, estoque, margem de lucros, agenda atendimentos e consultas, cadastro de clientes, e diversas outras funções, que deixa o seu negócio mais atrativo, organizado, além de ajudar a economizar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *